frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

domingo, 23 de fevereiro de 2014

TE AMARIA TODOS OS DIAS



TE AMARIA TODOS OS DIAS

Ahh, se pudesse eu te mataria
Mil vezes todos os dias!
De desejo te enlouqueceria
Com carinhos a lhe torturar
Faria trilhas para te desvendar...
Todos os teus desejos realizaria
E lhe mostraria o meu jeito de amar
Meus carinhos, meus prazeres
São as armas que eu iria usar.
E com loucuras te mataria
Meus desejos e beijos
Fetiches e fantasias
Sem de ti me apiedar!
E quando eu percebesse
Você entregue e faminto
Quase me pedindo,
Então te amaria
Sem piedade, e todos os dias
De prazer te mataria...

2 comentários:

Anônimo disse...

Êxtase!!!

Sonia Gonçalves disse...

Esse poema é demais!!!Amaria assim todos os dias....Lindo!