frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

quarta-feira, 26 de março de 2014

AMOR DE BEIJA FLOR




AMOR DE BEIJA FLOR

Beijou a flor desabrochada
E lambeu cada pétala umedecida
Lambuzando-se do mel que a encharcava

( NLC )

Um comentário:

Paulinho Shampoo disse...

'Deve ser uma delícia bendito mel, fiquei com água na boca ao me imaginar lambendo este céu, desejo do ver ao tocar, do aroma ao sabor, do morno ao calor, indo de encontro ao altar.

Beijos Poetisa