frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

terça-feira, 18 de março de 2014

ESCOMBROS




Derrubei o muro...


Me feri nos tijolos

que Caíram em mim!


( NLC )

2 comentários:

NILL CRUZ disse...

Hummm, seus recortes de versos, ferindo a filosofia de mim leitor. Tu ta parecendo Paulo Leminski.
Esse lindo Fragmento,me fragmenta.
BJO!

NILL CRUZ disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.