frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

terça-feira, 4 de março de 2014

INTENSOS & IMENSOS LAÇOS



De meu ataúde sinto um perfume sensual, fatal

Seu cheiro, o elixir que fará meu corpo reagir 

Minhas veias e artérias vermelhas a ebulir 

E meu coração novamente encontrar vida, afinal... 


Hoje meio felina venho lhe acordar 

Eis que tua hibernação chega ao fim 

Trago o feitiço que vai te libertar 

Fazer o sangue nas artérias fluir 


Ela se aproxima fugaz, uma arma letal 

Corta cipó, corta folhas, corta magia 

Seu ser é o mais belo sinal 

Que em breve haverá vida no coração de Menellau 


Por uma noite sem luar eu esperei 

O momento certo para me aproximar 

Da magia do luar me apossei 

Para teu corpo despertar quando o tocar 


E a vida ao meu corpo retornou 

Aqueceu minha pele, meu sangue, minha boca 

Peço que sacie minha sede, não com água 

Mas com saliva mágica de sua boca 


Trago desejos na pele adormecidos

Trago sonhos ainda não vividos 

Te desperto com meus beijos molhados 

Aqueço-te com meus toques atrevidos 


Esse momento de intensa paixão 

Une todos os universos em uma só emoção 

Carinho, desejo, amor e paixão 

Menellau e Raiodesol em perfeita conjunção... 



Descobrindo prazeres ao toque da mão 

Que são armas de ataque e defesa 

Dominando o feitiço da sedução 

Faz de mim caçadora, tua presa 


Sobre a mesa de pedra, sob o carvalho milenar 

Agora é Menellau que nos braços esta a carregar 

Aquela que venceu o feitiço dos tempos 

Agora sob o luar seus corpos voltam a se amar...


O guerreiro despertou finalmente 

E sacia teu amor imortal à luz da lua 

E pede ao sol pra não nascer novamente 

Para amar eternamente a tua musa 

( NLC E MENELAU )










Nenhum comentário: