frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

quinta-feira, 20 de março de 2014

POESIA E PRAZER

 


POESIA E PRAZER

Faço-me fêmea pra seduzir-te à luz da lua
Tiraste o meu sono, a roupa e o sossego
Banha-me com teu cheiro, faça-me tua
Molha-me com teus carinhos e beijos…

Atendo ao seu chamado, de pronta excitação
Te derreto ao meu toque e ao som de minha voz
Mergulhado em volúpia, sinto teu gosto suculento
E à luz da lua, cedo à sedução que me impõe...

Traça versos em meu corpo com teu corpo
Escreve em mim como se fosse num papel
Carimba em minha pele pouco a pouco
E prova da doçura do meu mel...

Assino as marcas de prazeres emersos
em teus poros, com carícia e tesão.
Escrevo, em teu corpo, os meus versos
Preenchendo-a e levando-a à combustão...

Prazer na ponta dos dedos, poesia por todo o corpo
Penetra-me fundo, palavras e sentidos úmidos
Versos em movimentos loucos
Que saciam os meu lábios túrgidos

Penetrar-te com Minh'alma e Corpo
Sempre fora nossa intenção
Chegando a mil e um delírios loucos
E devaneios grandiosos de excitação


(NLC E WILLIAM MESQUITA)

4 comentários:

Sony Azevedo disse...

Passando para conhecer o seu blog, desejar um feliz dia do blogueiro, deixar o meu beijo e o desejo de muito sucesso. Parabéns pelo blog. Luz e paz.

Lucy Mara Mansanaris disse...

Bom dia miga...

Um lindo duo, muita sincronia e beleza, amei, parabéns!

Parabéns pelo dia do blogueiro, obrigada por deixar eu ficar pertinho.

Um beijo, fica com Deus

Sonia Gonçalves disse...

Nossa!Que sincronia!Os dois com muita desenvoltura e maestria...conduziram com leveza beleza e muita sensualidade!Amei!Bjos

Sonia Gonçalves disse...

Uma sincronia perfeita!Conduziram com maestria e sensualidade!Ficou um espetáculo!Beijoss