frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

SINTONIA




Faça do meu corpo
A tua poesia
Escreva tuas palavras 
Despertando fantasias
Faça em versos o teu toque
Em minha pele arrepiada
De tantos desejos, tomada...
Na cadência das palavras
Num sussurro enlouquecido
Soletrando em minhas páginas
Tudo que eu tenho escrito.
Vamos compor um dueto
Juntos em perfeita sintonia
Versando os delírios e desejos
Rimando beijos com poesia
Meu mel, teu céu
Meu bem querer
Que só me dá prazer...

( NLC )

5 comentários:

Paulo Pereira disse...

Até parece uma canção. Belo versejar menina poetisa. Bjo

Lucy Mara Mansanaris disse...

Bom dia amiga. Muito lindo labor, versos provocantes bordados com muito esmero, parabéns!

Deixo um carinho, beijo...

Angelo disse...

Teus versos tão sensuais e tão envolventes encontram o mais nobre lugar de puro desejo e inspiração. Sinto em cada rima o teu convite mais profundo para os nossos duetos no reflexo do meu olhar e do teu bem querer. Que ao som da minha voz tua poesia repouse e renasça cada vez mais à flor da pele... Amei a surpresa! Bjos

Samuel Balbinot disse...

Boa tarde querida poetisa..
muito sensual.. leve e com uma pitada de pimenta..
vc sabe muito bem vestir e despir tuas poesia..
beijos meus Nara
até sempre querida

Nilson Ferreira disse...

ME FASCINA CADA VEZ MAIS ESSA SUA BUSCA QUE DÁ VIDA ÀS PALAVRAS. EM TEUS POEMAS AS PALAVRAS SE CRIAM EM TONS DE POESIAS E DEIXA PARA OS VERSOS UM CENÁRIO, DE PURA IMAGINAÇÃO. MUITO SHOW ESSE TEXTO.
BJO.