frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

ENTRELAÇO





ENTRELAÇO

Em versos eu entrelaço
Um poema feito de espera
Onde o tamanho do seu abraço
É do tamanho da minha entrega.

E deito pertinho da lua
Ao som da música mais linda
Emoções tão minhas e suas
Que não sei explicar ainda


E na longa madrugada
O vento sopra tão brando
Faço das nuvens morada
Nessa cidade de anjos

NLC

TAMBÉM EM ÁUDIO: http://www.recantodasletras.com.br/audios/poesias/63581

2 comentários:

Nilson Ferreira disse...

"UM POEMA FEITO DE ESPERA" Adorei! O verso e o poema.

Angelo disse...

Magnífico! É um prazer enorme, meu anjo, vir te visitar e encontrar suas lindas noites de inspiração estampadas em versos tão belos, tão irradiantes! Sou totalmente fãs de tua poesia, minha linda! Bjos