frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

FLORES TÃO POÉTICAS





Vastos campos em suaves flores
vão tecendo os nossos caminhos
espalhando no ar os teus íntimos frescores
feitos de amor e não de espinhos

E as lindas pétalas tão singelas
Regadas com amor e maestria
Perfumam as flores mais belas
Dos nossos jardins d'alegria


Assim nós juntos vamos vivendo
regando os jardins desta primavera
tão onírica, sublime e terna
florida entre os nossos sentimentos


E em belas tardes versejando
vamos compondo esta fantasia
e o tempo vai ditando
a mais linda poesia



NLC      &     Emanuel Angelo

4 comentários:

Samuel Balbinot disse...

Bom dia querida Nara.. mais uma vez versos lindos, rimados e envoltos de encantos.. uma bela dupla.. poesia assim se faz sempre.. passando magia.. bjs

Ana Bailune disse...

Olá! Lindos versos. Bem adequados a época em que vivemos!

Angelo disse...

Olá, minha querida! Adorei completar os teus versos nessa belíssima interação. Os teus duetos são sempre encantadores e poder partilhar desse momento com contigo pra mim é mais do que um privilégio. Com um enorme carinho, bjosssssss

Paulo Pereira disse...

Perfeito duo! Digno de reverência.