frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

VOAR VOAR




Asas
Sem penas
Liberdade apenas

NLC

5 comentários:

Emmanuel Almeida disse...

Encantador!

NILL CRUZ disse...

Adorei o fragmento. Lírismo puro.

Samuel Balbinot disse...

Bom dia poetisa querida..
simples frase mas dizendo tudo que nós mais queremos e ainda vestindo a mesma com timas que não lembro de ter usado.. penas pelo menos não recordo e olha que sou bom de lembrar srsr
bjs meus e até sempre

Angelo disse...

Teus voos decerto alcançam planos bem altos da inspiração... e a sua criatividade transcende as suas asas!!! Adoreeeeiiiii

Sonia Gonçalves disse...

Nossa que delírio!!!Ma-ra-vi-lho-soooooooooo!Aplausos!Bjosss