frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

quarta-feira, 29 de abril de 2015

A BUSCA




2 comentários:

Samuel Balbinot disse...

Boa tarde querida Nara..
assim somos todos nós.. pássaros que as vezes se deixam aprisionar e não mais podem bater suas asas lindamente no ar..
só terminamos assim se permitirmos... beijos e lindo dia

Ana Bailune disse...

Espero que a andorinha ache a saída.
Lindos versos!