frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

DIAGNÓSTICO




Em minhas costas um peso !!!

É por causa das asas paradas

Causadas pelos meus medos...


(NLC Poesias)




Um comentário:

Anônimo disse...

SERGIO NEVES - ...essas asas das quais dizes podem até estarem um tantinho paradas, ...mas, aquelas que existem em tua poesia estão livres, leves e soltas, a fazer com que o teu poetar voe de forma sublime,...sempre! / Carinhos.