frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

terça-feira, 15 de setembro de 2015

ORGASMOS POÉTICO


5 comentários:

Simone Medeiros disse...

Nossa, amiga! Que lindos versos, amei lê-los... Você é uma grande poetisa! Tenho orgulho de ser sua amiga, beijos e sucesso!!! =)

Ismael Marck disse...

Belíssimo poema amiga poetisa! Parabéns pela brilhante e lasciva obra. Beijos

Escreverati De Luca disse...

Nossa... ficou perfeita sua poesia. Sensual além dos sentidos... sensual na alegria de versejar..

Anônimo disse...

SERGIO NEVES - ...é justamente o eu que eu sinto ao ler versos teus assim como esses: orgasmos mil (poéticos-?)... / ...ah! ...ditas assim também tuas palavras me comem, me lambem, me lambuzam,...latejo em êxtase! / ...um "T" indescritível! / Carinhos.

André Gomes Shell Capoeira disse...

Uma poesia primorosa...