frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

A PRINCESA DESENCANTADA



Um conto de fadas desencantado

Que a carochinha nunca contou

O príncipe, era um ogro disfarçado

E a princesa aborrecida se tornou



Dormira por séculos, enfeitiçada

Na torre mais alta do seu castelo

Onde fora pela vida aprisionada

Escondendo seu desejo tão secreto


A princesa sem carinho nem beijo

Foi acordada com um bruto safanão

Lançar-se janela abaixo, seu desejo

Espalhar-se em caquinhos pelo chão



E a princesa entendeu naquele dia

Que a vida não é um conto de fadas

Que príncipe encantado não existia 

Deixou a torre e seguiu a sua estrada.



NLC Poesias

Um comentário:

Anônimo disse...

SERGIO NEVES - ...só uma encantada princesa poderia versar tão divinamente assim! / Carinhos.