frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

AS CORES DO AMOR




Se um dia as cores se apagarem
E tudo ficar confuso e cinzento
Se os  sentimentos  desbotarem
E o canto virar apenas lamento


Se um dia  poeta e poesia
Não comporem mais em sintonia
 Nem em versos e rimas de paixão

Com palavras que nasciam do coração

Usaremos a  tinta da compreensão
E mudaremos nosso mundo sem cor
Pintaremos assim com exatidão
Descobrindo novas cores para o  amor


E assim a gente aprenderia
Sem medos e sem dores
A ser pra sempre poeta e poesia
E pintar a vida de outras cores


Descobrindo assim todo  dia

Motivos que nos façam inventar
Novas rimas, para que a poesia
E o poeta, com amor possam versar.


NLC Poesias

Um comentário:

Mel disse...

Versos cheios de amor à poesia e à vida!