frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

domingo, 6 de dezembro de 2015

EM VERSO E PROSA




Serei tua em verso e  prosa
Num  poema úmido de paixão
Serei tua,  e minha úmida rosa
Desde o desabrochar  do botão


Quando me vestir de versos serei tua
Quando traduzir metáforas de mim
Quando arrepiar minha  pele nua
Tocada por teus verbos e rimas enfim

Despir-me-ei e me despedaçarei
Nas  frases  incompletas em  meus versos
Nas estrofes que pra ti eu criei
Corpos celestes habitando  esse universo

Serei tua desde o meu  princípio
No  poema rasgado de desejos, assim
As  minhas  letras úmidas  desde o inicio
De desejo... Serei  tua até o Fim...

NLC Poesias

2 comentários:

Sou o que sou disse...

Bom dia amiga.
Belos versos, um poema sensual construído com belas metáforas, parabéns!
Meu carinho... lu

RACIONALISMO - ERA OU SEMPRE FOI? disse...

pelo Amor, baby, tua letra é 1 formosura... 1000x parabéns, t amo