frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

terça-feira, 5 de abril de 2016

CAMINHOS DE MIM





Vou lírico pelos caminhos da vida 

Em busca das palavras esquecidas

A poesia ensinou minh’alma a sorrir

E as rimas fizeram-me novamente florir

As utopias deram lugar à realidade

Preenchendo assim minhas metades

Meu olhar perscrutando cada canto

Descobrindo em cada verso um encanto

Uma sensação de plenitude me invade

Ser feliz sem prazo de validade

Sem deixar morrer no chão os meus passos

E repouso entre versos o meu cansaço

NLC Poesias & Edy Simão

2 comentários:

Maria do Carmo Multary disse...

Perfeito dueto!!!

Simone Medeiros disse...

Sensacional amiga, e parabéns Edy, pelo maravilhoso dueto, arrasaram os dois! Aplausos! Beijos!