frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

domingo, 17 de abril de 2016

HOJE NÃO





Hoje não há poema

A mente confusa e sonolenta


Deseja  dormir apenas

Enquanto a alma relembra

Motivos pra não se iludir

Metade de mim duvida

A outra, escuta e sorri!

Descansa minha'lma apenas

Que hoje não há poema

(ALÉM DAS SIGLAS - NLC Poesias)

Nenhum comentário: