frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

quinta-feira, 7 de abril de 2016

UM POEMA PEQUENO...MAS PLENO


Construo com meu verso ameno
Um poema tão pequeno
Mas pleno!
Pleno de verdades contidas
Escondidas
De vontades talvez não ditas
Vontades caladas
Porém nunca inventadas
E nem forçadas...

E meu poema ameno
Tão pequeno
Transborda de emoção por dentro
Transcreve em  letras de sentimentos

Em cada letra que me corre nas veias
Em cada palavra que verto dos dedos
Meu verso de mim parafraseia
As rimas contidas no meu enredo

E as lágrimas das dores que engulo
Com versos  em minha alma desnudo
No meio dum poema pequeno
Habita o meu verso ameno
E pleno...

Além das siglas -NLC Poesias



Nenhum comentário: