frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

PROFESSOR


O professor na verdade

É um poeta disfarçado

E faz dos sonhos, realidade

Com seu olhar vislumbrado

Ensina mais que matérias

Tem a chave do cadeado

Dos desejos e quimeras

Que podem ser alcançados!!

Sonha que meninos de favela

Venham a ser médicos, advogados

E que a vida lhes seja mais bela...


(NLC Poesias)

3 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Lindo! Hoje é dia do Professor

Parabéns a todos.

Beijo e um bom fim de semana.
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Samuel Balbinot disse...

Bom dia poetisa querida.. e foi por um comentário d euma professora de literatura sobre a obra marilia de dirceu que comecei a poetar bons anos atrás.. muito grato a ela beijos meus a vc até sempre

Anna Lúcia Gadelha disse...

Narinha, verdades expressadas com um olhar poético sensível. Uma primorosa homenagem!
Beijos