frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

sábado, 20 de maio de 2017

DIAS DE PÁSSARO



Há dias em que sou pássaro 
E quero alçar voo ao infinito
Fugir de um mundo que não me cabe 
Onde posso ser silêncio ou grito.


Então de repente encontro o riso,
Escondido entre a lua e as estrelas,
Mas levo tanto tempo pra perceber isso
Talvez leve uma vida inteira.

Sou alma presa em um corpo
Sou o impossível de imaginar 
Sou resultado de um mundo louco 
Sou verso tentando rimar

NLC Poesias - Além das Siglas


3 comentários:

Vanessa disse...

Oii!! Vi o blog e gostei muito!! Gostei muito de texto e me identifiquei muito com ele: "Sou uma alma presa num corpo", essa frase tão pequena e tão impactante ao mesmo tempo..
Tenha um ótimo fim de semana!!

Cidália Ferreira disse...

Tão bonito! Amei :)

Beijinhos e bom Domingo

Patrícia Pinna disse...

Bom dia.
Que belo e sentido poema.
Eu também sou assim, exatamente como poetizou.
Muitas vezes levo um tempo imenso para aceitar ou enxergar as coisas que estão tão evidentes, contudo,quase sempre deixo a porta aberta para as explicações.
Parabéns.
Beijos na alma e tudo de bom.