frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

segunda-feira, 8 de maio de 2017

O ADEUS AO POETA...




Ele gostava de pensar...
E assim entender a vida
Ele queria um dia voar
E voou através de sua escrita
Entre versos, contos e crônicas
Sempre a expor sua opinião
Com letras alegres por vezes irônicas
Fazia rir e também tocava o coração
Nunca estamos preparados para a despedida
Mesmo sabendo da sua intimidade com Deus
A saudade vai fazer a vida mais dolorida
Agora em sua escrivaninha apenas o silêncio do Adeus!!

(NLC Poesias)


O poetamigo Professor Ilmar, publicava seus escritos no Recanto das Letras, onde contêm 2073 escritos entre as mais diversas formas e estilos literários, somando 527544 leituras
http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=103506


2 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Lindas palavras num bonito poema!!

Beijo e uma excelente semana.

PAULO TAMBURRO. disse...


Prof.Ilmar, com toda a certeza a sua missão pedagógica agora será muito mais trabalhosa por estar ao lado de Deus.
Peça-LHE que acabe aqui na Terra com as tragédias diárias protagonizadas por crianças famintas da Africa assassinadas a cada dia,que a violência, que pode ceifar a cada momento a vida de um dos nossos amigos ou um dos nossos filhos, pela ação covarde de um transgressor e meliante tenha fim, e nos traga de volta as mães, mesmo que executivas ou presidentes da republica.
Que nos traga de volta, Prof Ilmar, os pais, homens de bem, corretos e honestos, mesmo que sejam empresários ou políticos.
Continue ensinando,continue espraiando cultura e boas novas a todos os homens de boa-vontade!
Sei que pedindo tanto estarei subtraindo seu merecido descanso eterno, mas afinal aqui na Terra quem eram seus mais poderosos amigos?
Agora , você está ao lado daquele que tem o maior poder e garanto que será mais fácil você materializar suas vontades e olhar por todos nós.
E não permita que Deus volte a ter que nos perdoar, como pediu-lhe o seu filho, Cristo quando disse: Pai, perdoa-lhes pois, eles não sabem o que fazem.
Lute por nós Prof Ilmar, para que aprendamos e definitivamente, a sabermos o que estamos fazendo.
Boa sorte!