frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

quinta-feira, 20 de julho de 2017

MISTURA IMPERFEITA




Onde nasce o sentimento
Onde a dor é rarefeita
Se às vezes eu lamento
É que de barro eu fui feita
Mas por fora sou de ferro
Sou mistura imperfeita.
E nesse processo sempre erro
Onde em químicas reações
Sou mero material genético
Em constantes mutações....

Em dias de versos amargos
Exalo o meu ar nefasto
Desculpem-me os leitores
Se as palavras são tão duras
É porque as minhas dores
Inda sentem as suturas
Mas hão de cicatrizar
E belas frases hei de rimar.

NLC Poesias - Além das Silglas

3 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Simplesmente fantástico!!

Beijinhos

Vanessa disse...

Um poema profundo, nos remete a muitos sentimentos, gostei bastante.
Tenha um bom fim de semana!!

Patrícia Pinna disse...

Bom dia. Você não tem de se desculpar por nada!
Poesia pura é isso mesmo,versejar a dor da forma mais profícua e bela.
Obras que são mais melancólicas, são para mim as melhores!
Aplausos!
Tenha uma excelente semana.
Beijos na alma.