frase

Palavra alguma vale o delírio de ser poema sem ser alívio...

NLC & PIMENTA












TENTAÇÃO


Os meus lábios umedecidos

Estimulados avidamente

Pelos toques atrevidos

Que latejam loucamente



E o detalhe entumecido

Que destila doce mel

A um toque tão preciso

Me transporta para o céu



Onde arde fogo imanso

Qual portal do paraíso

com desejo tão intenso

Te acolho no meu ninho



E então é só prazer

Só gemidos e suspiros

Em meus braços vem perder

O que te resta de juízo


NLC Poesias











SABOR DO AMOR

No gosto
gostoso
do gozo

Da língua

lambendo
a libido

Uma vontade
De ficar
à vontade

À mercê do prazer
vontade
​​​​​​​De amar você









PERDIÇÃO



Quando eu for gelo

Queima-me

Derreta-me com seu fogo.


Quando eu for pedra

Quebra-me

Refaça esse jogo


Quando eu for porta

Arromba-me

Invada o meu corpo


Quando eu for dúvida

Esclareça-me

Explica-me pouco a pouco


Quando eu for estrada

Percorra-me

Todos os vales e morros


Quando eu for mel

Lambuze-se

E prove o meu gosto



Quando for instrumento

Toca-me

Provoque o meu gozo


E quando eu for tentação

Peque


Seja minha perdição

(NLC Poesias)








BEM ME QUER

Brinca de bem me quer
Com minha rosa vermelha
Desfolhe-a como quiser 

Lambendo as pétalas a umedecê-la

Toma-me vagarosamente
Me deguste pouco a pouco
Com teus lábios ardentes

Em movimentos loucos

Beba o meu veneno lentamente
Sugando desse mel que vicia

Se ajoelhe à minha frente 
E se afogue nessa fonte todo dia

NLC





AMOR E SEDUÇÃO



Murmura em meu ouvido,

Doces palavras sugestivas,

De um amor quase proibido

Em toques de tortura e lascívia



Fala-me palavras que atiçam,
Desperta-me em toques calientes
Enquanto meus gemidos suplicam
Que sejam saciados urgentemente


Toca-me sofregamente a boca
Num tom doce de dor quente
De prazer já quase louca
Esboço de um beijo ardente


Uma quase tortura tida por gosto
Súplica urgente, quase um risco
Sem tabus sacias o meu corpo
Em um gozo onde tudo é permitido
(NLC)






GOZO SOLITÁRIO

Desejo alucinado
Domina o meu ser
O corpo incendiado
Em busca de prazer
Molhados dedos 
Brincando sem querer
Dedilhando segredos
Sem ao menos perceber
 Nessa  viagem insana
Em um mundo imaginário
O corpo suplica, reclama
E descansa 

Em um gozo solitário...






DECORA-ME


Estuda minha geografia

Entre montes e relevos

 Dedilha minha anatomia



E se perca em meus rios de desejo



(Emanuel Angelo)







DESEJOS





"Quero teu cheiro no meu corpo
Encontrar em ti o meu prazer
Dormir molhada do teu gozo
E em seus braços amanhecer..."


(NLC)








COLORIU-ME


Invadiu os meus lábios de vermelho rubro

Com teu lápis todas as cores dentro de mim

Surpreendeu-me  num rabisco brusco

E saciou-me num prazer sem fim



Mãos e bocas trocaram caricias loucas



Enquanto desenhava-me com gemidos



Lambuzou todo o meu corpo



Com os jatos do teu gozo colorido



11/11/2014   01:50






DECIFRA-ME


Decifra minhas siglas pouco a pouco


E traduza meus suspiros e pedidos


Tatua poemas sobre meu corpo


E ouça meus roucos gemidos


Que provocam todos os teus sentidos


E as palavras rimadas no meu dorso


Encontrem em minhas páginas abrigo


Me penetrem a carne em ferro e fogo


Depois me banhe com teu absinto










VERSOS MOLHADOS


Como um livro de páginas abertas


A lhe oferecer o prazer da descoberta


Espero que me leia


E decifra-me inteira


Desvenda as minhas siglas, letra a letra


E me faça tua insana companheira


Beija cada sílaba do meu corpo


E sacia o meu poema de paixão


Entre vírgulas, o ponto de exclamação!


Devora-me com teus beijos


Venha as minhas páginas percorrer


E soletre os meus pontos de prazer


Entre as linhas molhadas de desejo


Lambe meu prazer a escorrer ...

( NLC )






VERSOS SUGESTIONADOS


Há poesias,
Que podem ser sentidas na pele,
Pois despertam fantasias
De mãos, bocas e dentes,
E de línguas ardentes...
De cima para baixo ou de baixo para cima
Sentimos as letras a nos tocar
E nos perdemos entre as rimas
Com desejo de amar...
Move-se entre as letras,
O calor de outra mão,
Com dedos que traçam uma trilha,
E nos deixa aos pulos o coração.
E com a pele arrepiada,
Passeamos entre os versos molhados
Com a mente já sugestionada,
Sentindo o corpo acariciado.
Tocado por cada palavra
Umedecida pelo desejo latente
Do mel que escorre entre os tempos
Passado, futuro e presente,
Em que sonho, fantasia e sedução
Inflamando o meu leito
Dão asas à imaginação...

( NLC )











DEVANEIOS NOTURNOS


Entre os lençóis perdida em devaneios
Na cama perfumada ardendo de tesão
Tocando os bicos dos seios
Deixando pelo ventre deslizar a outra mão

Em meus desejos me envolvo
Sentindo a linguagem do corpo
Que arde e queima como fogo
Buscando alcançar o meu gozo

Tocando a vulva quente
De olhos fechados gemendo
Acariciando-me levemente
O clitóris alongado espremendo

Numa viagem solitária e prazerosa
Descubro minha zona mais erógena
Brincando de uma forma bem gostosa
Umedecendo as pétalas de minha rosa

Imagino a boca quente a me sugar
E a língua deleitosa penetrando-me
Um prazer extasiante a me ofertar
E eu louca,alucinada contorcendo-me

Lembranças de um desejo puro
Imagino-o latejante e duro
Penetrando-me bem forte e fundo
Levando-me ao gozo que procuro

No toque audacioso provocado,
Arqueio o corpo no desejo excitado,
Um gemido me escapa abafado
No momento em que meu gozo é alcançado





PRISIONEIRO MEU



Entre as pernas eu te prendo
Te aprisiono numa luta alucinada
Em fortes golpes, instintivos eu me rendo
Desfrutando dessa insana cavalgada
Sugo o teu prazer que me leva ao céu
Transbordando o meu cálice encharcado
E escorre, saciada do teu mel

( NLC )






MISTURA
Escreves na minha boca os teus beijos

E lambuzas a mão no doce mel

Marco tuas costas com as unhas

Dominada leva-me ao céu

E quando voltar então  percorrerei

Cada monte, cada segredo teu

E devolverei de novo e em dobro

Todo o prazer que o teu corpo me deu.

És o alimento que eu preciso

Nos seus braços encontro meu abrigo

No gosto do teu corpo a minha poesia

E nos carinhos as rimas pra minha ousadia.

Nesse amor gostoso que nutre nossos dias,

Quero te fazer perder-se em meus carinhos

Aquecendo com meus beijos os teus lábios frios

E o perfume que em meu corpo te embriaga

É o aroma da mistura que o nosso amor exala



(NLC)






SONHO OU FANTASIA


Cavalgue sobre meu corpo

E domina-o por inteiro

Coma-me

Com os olhos, tato, paladar...

Prove os meus segredos

lamba minha alma

penetre em meus poros

com toda calma...

Desejo que deslize

por sobre minha pele

sentindo os poros

respirando minha epiderme.

Prove do meu mel,

 alquimia da essência

Na ponta da língua o sabor

e faz deste toque; ciência.

Deixe teus dedos percorrerem

Despertando na pele arrepios

Com teus dentes a me morderem

Em carinhos atrevidos...

Explore e conheça o meu corpo

Saberás se é sonho ou fantasia

Se o amor comigo é mais gostoso

Ou apenas é mais bela a poesia


(NLC)






Eu quero tua pele arrepiada,

 na minha, a tua boca molhada ,

Roçar em sua língua, assanhada,

Hoje eu serei bem insana e ousada

Na cama entre lençóis de cetim

Provoco-te com minha calcinha rendada

Te quero todinho pra mim.

Quero arrancar-lhe gemidos

Que soam como música em meus ouvidos,

Meus lábios molhados te devoram com vontade

Sacio teu corpo, com minha intensidade

E nessa dança eu lhe tiro toda a roupa,

Desvendo teus segredos, em minha boca,

Jorrando todo o mel, que nos sacia gota a gota...

(NLC)








DESVENDA-,ME


As minhas curvas desvende lentamente

E desfrute do meu corpo insanamente

Encaixando o seu corpo no meu

Saciando o meu desejo com o teu



Me beija por inteira, e atiça com suas carícias

Me morde, me lambe, e me mostra tuas delícias

Explorando-me de cima pra baixo

Que meu corpo à sua boca eu encaixo



Se delicie de baixo pra cima com  malícia

E deposite em cada curva a sua carícia

Atrevido, percorra o meu corpo

Desvendando meus mistérios pouco a pouco



Me faz sentir rente ao teu corpo

Quente, rijo e sedento como louco

Prazeres inconfessáveis procuro em ti

Profano e ousado, te quero pra mim



Carinhos atrevidos e voluptuosos

E meus seios suga ardentemente

Percorre reentrância do meu corpo

Lambe o mel que escorre suavemente



Apaga o meu fogo

Derrama em mim teu gozo

Explode dentro de mim

E leva-me ao delírio sem fim!

(NLC )









                                  FANTASIAS



Toca-me os lábios, atrevido

Contorna-os com suavidade

Sussurra-me baixinho ao ouvido

E me fala da tua vontade.

Diga-me qualquer besteira

Desfaz meu cabelo com tua mão

Invente deliciosas brincadeiras

E me enlouqueça de tesão!

Sacia o desejo do meu corpo

Realiza a minha fantasia

Sorve-me o mel, sente o meu gosto

 E nesse melado se delicia

Sentindo em tua língua o meu gozo

Escorrendo ao final da poesia.



                                      (NLC)






SEU GOSTO EM MIM
Gosto do seu gosto

E saio com minha língua em seu corpo a passear

Sentindo-te a pele arrepiar

Seguindo por caminhos traçados mentalmente

Embora tuas mãos, impacientes, tentam me impedir

Não suportando tanta tortura Sentir

Sei onde quer minha boca agora

Mas eu brinco, desvio, em demora

Só pra judiar, te fazer sofrer um pouquinho

Para quando finalmente chegar ao meu destino

A recompensa você já sabe ... é o prazer!!

Aí sim, te deixar louco

Lábios quentes te engolindo aos poucos

lingua molhada te umidecendo todo

Nesse jogo de vai e vem, tem perigo

E sofro também meu castigo

porque brincadeira agora já não é

Faço agora o que você quer

Dominar-me, segurar firme então

E meus cabelos enrola em suas mãos

Querendo-me indefesa, subimissa

E sem piedade ou preocupação

Inunda-me em jatos quentes de paixão(...)

Gosto do seu cheiro, sinto na boca o sabor

Me banho inteira nesse melado de amor

tentando sugar cada gota

Que teima em escorrer pelo canto da boca

Lambendo, gulosa, toda sua extenção

Secando com minha lingua

O resultado da nossa paixão ;)
NLC


Pensando em você.

Sozinha na cama
Penso em você
O corpo em chamas
Queria te ter!
Sentir tuas mãos
A me percorrer
Entre os lençóis me tocando
Em ti eu vou pensando.
Corpo quente
Eu carente,
Você ausente,
Mas  tão presente
Em minha mente!
Faço de meus dedos os teus
Tocando-me intimamente
Molhados dos fluídos meus
Com gemidos abafados
O meu gozo tão latente
E desejos saciados
E nesse momento de prazer
Eu penso em você...

( NLC )







VINHO E SEDUÇÃO

 O meu vinho mais refinado,
Eu guardo para quem me agrado,
Pra bebê-lo é preciso entrega,
Pois quem dele bebe se apega
E eu escolho com cuidado
Quem bebe em minha adega.

O meu vinho é precioso
É pra ser degustado pouco a pouco
Eu guardo em odres especiais
É bebida de deuses imortais
E quem o bebe sempre pede mais!!

De uma safra especial
Tem sabor adocicado
Beba tudo afinal
Pra você eu o tenho guardado...





( NLC )









DEVASSOS GOZOS

Vira-me de ponta cabeça

Faz com que eu enlouqueça

Explora, consome e devora

Leva-me ao gozo sem demora

Em profundos suspiros
Com teus beijos lambidos
Tuas mãos acariciando

Os meus seios já tomando

apertando-me os mamilos
Arrancando-me gemidos
Em caricias atrevidas

Lambuza os teus dedos
Deixando-me enlouquecida
Quando pincela os meus segredos
Penetra e invade o meu ser
E um vai-e-vem constante

Inundando-me as entranhas
Sinto teu corpo pulsante
Arrancando do meu ser

Devassos gozos de prazer
Com as lavas do teu vulcão

Inunda-me com um calor gostoso

Do teu liquido viscoso

Invadindo todo o meu corpo

Deixa cair em mim teu gozo
Em minhas coxas, escorrendo lentamente
E saciados, suspiramos suavemente...

 ( NLC )








BANHADA DE PRAZER

Perdi -me em teu calor

Achei-te dentro de mim

Quente, firme te senti

Meu, todo meu, enfim


Momentos de prazer e desfrutes 

Envolva-nos em seu encanto 

Amando-me, nada perguntes 

Banha-me,teu prazer em mim jorrando... 

( NLC ) 




PROFANAÇÃO




A mão explora



A pele exposta



Contornando a rosa



Que inteira se mostra 


A língua se enrosca e desliza 



Descendo atalhos e trilhas 



Desliza entre ventre e virilha 



Percorre-me com os dedos 



Desenhando , explorando 



Toca-me com lábios molhados 



Com tua saliva quente 



Sente o prazer latente 



Que escorre intensamente... 



Lábios que me sugam 



Sacia-me todo desejo 



Na avidez desse beijo 



E se lambuza todo 



No meu gozo a saborear 



Infinito e fogoso



Em teus lábios a profanar...



( NLC ) 









BEBI VOCÊ







Teu prazer saboreei

Na Tua taça, cheiro e gosto

E me embriaguei...



( NLC )











SACIA-ME
Deixa-me saciada,
meio inchada, dolorida,
depois de ser devorada,
lambida, mordida...

Entre a dor e o prazer,
nesse entra e sai bem lento,
toda gozada eu me rendo
Lambuzada de você.

( NLC )


DEVORA-ME



Devora-me com teu olhar
Percorra tua boca a me molhar
E num toque mágico a deslizar
Tuas mãos em meu corpo a passear.
Sinta o mel escorrendo entre teus dedos
E teus lábios provem dos meus segredos...
Sinta o meu gosto, saboreia lentamente
Como bicos de morango, 
que teus lábios acariciam docemente
Se fugir da tua boca, 
o encontra e aprisiona novamente
Apertando minha pele entre teus dentes
E meu corpo vais tomando e percorrendo lentamente
Tuas mãos me descobrindo, sentindo o meu calor
Molhe os teus dedos, lubrifique-os em meu amor
Me leve ao paraíso, meu corpo molemente te implora
Se encaixando ao teu, me sacia, me devora
Te quero nesse momento que se chama agora

( NLC )

10 comentários:

Lucy Mara Mansanaris disse...

Oi meu amore...

Afe, até meu monitor tá soando aqui, rs...

Tá demais essa página, pimenta é bom que abre o apetite da gente né? rs...

*Hoje tô muito moleca... Um perigo!

Hum, mandei email pra tu...

Te amo, parabéns pelos versos, sempre um primor...

=)

SOLIDARIEDADE disse...

Uau!! dizer o que para versos tão "satânicos" de prazer como estes? cercados de volúpia, prazer e clímax...parabéns. E é pouco.

Anônimo disse...

fiquei foi com um tesão do caramba!!! Gata dos olhos de mel

Anônimo disse...

Apenas CUPIDO !!!
Seus versos tão lindos e quentes, apenas me despertam ainda mais a vontade latente der ver em teus olhos os meus ...

Parabéns pelo Blog !!!
coloradomaior@hotmail.com

Anônimo disse...

Que delícia de blog. Poesias profundas de uma sensualidade arrebatadora!!!! Elton

Anônimo disse...

Minha linda poetisa, deu-me vontade de estar ao teu lado e sentir todo este prazer. Beijos. (Homero de Luca) (".)

Anônimo disse...

SERGIO NEVES - ...vou ter que usar um "lugar comum": simplesmente de tirar o folego!!! / ...o teu erotismo é ardentemente fascinante, instiga de uma forma arrebatadora! /...me seduziste por completo! / Carinhos.

Samuel Balbinot disse...

Boa noite Poetisa.. acabei de ler todas e escolho todas rsrss
meus parabens pela sensibilidade e pelo aflorar deste tema em teus versos..
todos muito bem polidos e mostrando o nosso lado mais ousado.. e ng pode esconder pois este lado todos temos..
adorei a do vinho.. as rimas ficaram ótimas.. assim como todas as demais..
beijos e uma linda noite

André Gomes Shell Capoeira disse...

Nunca havia vindo aqui e quanto calor senti! Ótimos picantes poemas, Pimenta!
Gostei... ;) bjo

André Gomes Shell Capoeira disse...

Me colocaram em dois grupos no Facebook de poesias eróticas.
Nunca havia escrito poemas assim! Fiz o meu segundo ontem e estou montando o terceiro... rsrs... Depois te mostro! ;)